Retrato do artista quando mais moço

Um quadrinho bastante despretensioso. Desenhado direto no sketchbook, sem pensar muito na forma nem no conteúdo. Tem uns borrões e essa letra é um total descaso com a legibilidade. Uma ode à poluição visual. Mas achei legal depois de uns meses e decidi resgatá-lo… coloquei uma cor aqui, uma pseudo colagem digital ali… Ando aproveitando desenhos soltos de cadernos velhos. Desenho e acho uma porcaria na hora, mas passa o tempo e acabo abstraindo que fui eu quem fiz e crio simpatia pelos pobrezinhos. É aquela história: o primeiro estudo, cru e tosco, meio que desenhado em qualquer papel que se tem à mão e de qualquer jeito, sentado no sofá, esperando ônibus, sei lá, possui uma aura diferente do finalizado certinho, no papel certo, sentado na prancheta na posição certa, sob condições normais de temperatura e pressão. Aparentemente o negócio é não jogar nada fora, dar um tempo e olhar tudo depois.

quadrinho "fuck this shit"

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s